RSS

Lançamentos Círio 2016

Lançamentos Círio 2016

Olá Maninhos e maninhas! Este ano, nossa coleção do Círio tá firme, pois tu podes usar o ano inteiro. A arte foi inspirada na nossa embarcação típica…o Popopô! Destacamos a forma, o colorido e a tipografia única, expressa em cada letra desenhada artesanalmente. Além do modelo novo, faremos outros modelos de anos anteriores.

Vista a sua família inteira com fé e cultura!

Aguardamos na Feira do Círio de 05 a 09 de outubro na Praça Waldemar Henrique! Você tb encontrará outros modelos no Espaço São José Liberto.

 

branca feminina

Camiseta Popopô baby look feminina branca em poliviscose: R$ 40,00. Tamanho disponível: somente P .

branca masculina

Camiseta  Popopô baby look Masculina branca em poliviscose: R$ 40,00. Tamanho disponível: somente P .

preta feminina

Camiseta Popopô baby look feminina preta em poliviscose: R$ 40,00. Tamanhos disponíveis: P, G e GG.

preta masculina

Camiseta Popopô baby look Masculina preta em poliviscose: R$ 40,00. Tamanhos disponíveis: somente P e G.

layout_infantil_Cirio2016

Camiseta Infantil Popopô : R$ 30,00. Tamanhos disponíveis:  4 anos e 8 anos.

vestido preto

Vestido Popopô preto: R$ 80,00. Tamanhos: P, M, G . 

Santa com fitas

layout_fitas_do_cirio2016b2

Camisa básica unissex santa com fitas amarela: R$ 40,00. Disponível nos tamanhos P, M, G e GG.

 

Outros modelos do círio que teremos este ano, que você pode  encontrar na feira de artesanato do Círio:

 

posts_cirio_2016_facebook

 
2 Comentários

Publicado por em 09/08/2016 em Novidades

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Entre Ruas e Rios – Coleção de aniversário

Olá Papa Xibés! Este mês estamos completando 11 anos criando estampas com inspiração na nossa cultura e gostaríamos de agradecer a cada um de vocês que nos ajudaram a construir o que somos hoje. Obrigada!

E Para comemorar, estamos lançando mais uma coleção: “Entre ruas e rios”

desenho_entre ruas e rios2 (1)

De um lado, a vida ribeirinha tranquila de quem vive nas ilhas. Do outro, a vida urbana corrida e turbulenta de quem vive no centro da capital. Belém completa 400 anos com muita história para contar e muitas cores e formas para mostrar. A coleção Entre ruas e rios traz estampas exclusivas de fachadas históricas das ruas e cenas dos rios facilmente reconhecidas pelos que querem Belém como se quer um amor, assim como nós.

Between Streets and Streams

On one side, the peaceful riverside life of those who live on the islands. On the other, the fast-paced, flustering urban live of downtown dwellers. Belém celebrates 400 years with many stories to tell and many colours and shapes to show. The collection Between Streets and Streams offers exclusive portrayals of historical façades of streets and riverside scenes that are easily recognised by those who want Belém as they want true love, like we do.

Onde comprar?

Você encontra a coleção na Exposição Potências Amazônicas até o dia 03 de abril no Espaço São José Liberto. Faça também sua reserva via Zap (91)91299534 e receba pelo Papa Xibé Delivery!

Kaftan peça única. Estampa exlusiva de redes das embarcações que chegam e saem de Belém.

Kaftan peça única. Estampa exclusiva de redes das embarcações que chegam e saem de Belém.

entre_ruas_e_rios_17

Vestido Canoa Redes. Frente: chiffon, costa(mullet): Viscolight. R$ 89,90 (poucas peças!).

entre_ruas_e_rios_18

entre_ruas_e_rios_19 Costa Mullet – Vestido Redes

..

 

 

 

 

entre_ruas_e_rios_13

Camisa gola V Esse rio é minha rua. Algodão 100%. R$ 54,90. Tamanhos P, M, G e GG.

entre_ruas_e_rios_10

Camisa gola V Esse rio é minha rua. Algodão 100%. R$ 54,90. Tamanhos P, M, G e GG.

entre_ruas_e_rios_14

Camisa Regata Esse rio é minha rua. Algodão 100%. R$ 44,90. Tamanhos P, M, G e GG.

entre_ruas_e_rios_04

Vestido Azulejar. Frente: chiffon, costa: Viscolight. R$ 89,90 (poucas peças!).

entre_ruas_e_rios_02

Vestido Azulejar. Frente: chiffon, costa: Viscolight. R$ 89,90 (reserve o seu!).

entre_ruas_e_rios_08

Camisa masculina e top cropped Fachadas de Belém. Algodão 100%. Camisa masculina: R$ 59,90 e Top Cropped: R$ 49,90. Tamanhos P, M, G e GG.

entre_ruas_e_rios_07

Top Cropped Feminino. Algodão 100%. R$ 49,90. Tamanhos P, M, G e GG.

entre_ruas_e_rios_06

Camisa gola V fachada de Belém. Algodão 100%. R$ 59,90. Tamanhos P, M, G e GG.

 

 

 

 

 

entre_ruas_e_rios_22

Bolsas de mão Gradio do mercado da carne no Ver-o-peso. R$ 39,90 (material: brim)

entre_ruas_e_rios_25

Bolsas de mão Gradio do mercado da carne no Ver-o-peso. R$ 39,90

entre_ruas_e_rios_24

Bolsas de mão Gradio do mercado da carne no Ver-o-peso. R$ 39,90

entre_ruas_e_rios_23

Bolsas de mão Gradio do mercado da carne no Ver-o-peso. R$ 39,90

 
1 comentário

Publicado por em 09/03/2016 em Novidades

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , ,

Programa sem estresse do outro lado do rio – Ilha do Combu

Ei maninh@! Tu és daqueles que tem uma vontade de fazer um programa diferente no fim de semana, mas daí tu pensas: no trânsito, na distância, no estresse da volta para casa e acaba desistindo?! E se eu te disser tem um lugar do outro lado do rio Guamá que tu vais ter uma experiência incrível e que com certeza vai entrar na sua lista de preferidos!?. Pois bem, hoje vou te falar sobre o restaurante Saldosa Maloca na ilha do Combu…isso mesmo, lembraste daquela música do Adoniran Barbosa né?! E te digo que vais passar um dia feliz da tua vida lá…ou muitos, porque vai dar vontade de voltar rsrs!

11707572_944864952242793_7422802864772984300_n

Eu e meu marido saímos no sábado com essa vontade de atravessar o rio em busca de um pôr-do-sol para comemorar nosso aniversário de casamento. Às 10 horas da manhã é um horário bom para iniciar a viagem. Saímos de carro de Ananindeua em direção à Praça Princesa Isabel, no bairro da Cremação, local de onde saem os pô-pô-pôs, as típicas embarcações ribeirinhas que te levam do outro lado do rio, até a ilha do Combu. Optamos por deixar o carro no final na Av. Alcindo Cacela e ir a pés, pois ouvimos que a Praça estaria muito abandonada e ficamos receosos de deixar lá. Mas ao passarmos pela Praça, percebemos que além do carro da polícia de plantão, também havia um estacionamento particular do lado esquerdo que cobravam apenas 10,00 para deixar o carro com segurança o dia inteiro…bingo! (Da próxima vez já vamos deixar lá!). Já até indiquei para os amigos deixarem o carro lá e disseram que valeu a pena!

11666184_944865088909446_2703592596932977848_n

Bom, a viagem de pô-pô-pô já é um atrativo à parte. Você não precisa ficar esperando na Praça, já pode descer as escadas do píer e entrar nos barquinhos, que são bem seguros, não se preocupe….é mais fácil cair um avião do que um desses afundar! Rsrsrs. O sistema é lotação, encheu, saiu, ou a cada 20 minutos, que é o tempo que leva para chegar do outro lado. Se você gosta de boas fotos, escolha um dos lados das janelas, é certeza de lindos registros, mesmo antes do Pô-pô-pô sair. Mas se você não tiver problemas com cheiro de combustível, também pode curtir uma viagem com a galera no fundão para apreciar Belém pelo rio. O cuidado é só para não ficar próximo ao motor do barco, especialmente mulheres a fim de diminuir os riscos de acidentes. Mas em geral isso não acontece nas embarcações com o motor coberto, como é o caso destas.

11054284_944865302242758_3716099067216968004_n

A viagem faz várias paradas nos diferentes restaurantes da ilha do Combu: Marulhos, Saldosa Maloca, Sabor da Ilha, ilha da fantasia etc. Nós optamos pelo Saldosa Maloca, na 2ª parada. Basta avisar o piloto antes de você entrar na embarcação. A passagem em cada trecho custa R$ 3,00 por pessoa, que é pago somente após o início da viagem.

11219720_944865052242783_9143763894957607472_n

Ao longo da viagem, aproveite para apreciar a paisagem…as formas e os coloridos dos barcos, o céu, o posto flutuante, o nível da maré, a arquitetura vernacular da beira do rio, os hábitos ribeirinhos e as cores alegres que todas juntas mais parecem pinturas. E não esqueça de observar o piloto e toda a decoração de sua cabine…rsrsr!

11709579_944865218909433_203750943825825761_n

Não precisa se preocupar se a volta vai ter barco, porque eles sempre estarão lá, saindo de tempo em tempo. O último retorna para Belém somente às 19 horas. Fique tranquil@!

Ao chegarmos no Saldosa Maloca, tem sempre uma mão gentil para te ajudar a sair do pô-pô-pô. Suba e escolha uma mesa para passar o dia, sugiro uma mesa bem em frente à ponte principal. Deste lugar tu vais avistar Belém e apreciar um pôr-do-sol inesquecível no fim da tarde, te garanto!

O almoço tipicamente paraense é garantido no Saldosa, tem para todos os gostos e bolsos. Caldeirada, filhote e outros peixes no tucupi com jambu, camarões e pratos que acompanham o precioso…sim, tô falando do açaí, mas aconselho pedir assim que chegar para não ficar sem. E para sobremesa, não deixem de experimentar o brigadeiro de cacau extraído e preparado artesanalmente na própria ilha do Combu, vale a pena saborear!

Depois do almoço, tu podes dar uma volta para fazer o reconhecimento do lugar…ir na loja de artesanato que a decoração é um charme com flores de chitas para todos os lados e uma janela que rende uma linda foto. Além, é claro de levar uma lembrança do artesanato do lugar.

10418933_944865342242754_7170527668687398872_n

Outro atrativo do lugar, é a trilha ecológica, bem pertinho do restaurante e tu podes ir sozinho ou com sua turma, sem precisar de guia. O caminho leva até uma árvore gigante chamada Samauma ou Samaumeira, também conhecida como “Rainha da floresta” pelo seu porte e beleza e por isso é facilmente avistada na floresta. Esta árvore é muito comum na Amazônia e suas raízes, além de serem usadas como abrigo, também servem para se comunicar no meio da mata, bastando bater em suas sapopemas (raízes altas) com um tronco menor, que faz ecoar um som que pode ser ouvido a longas distâncias.

20313_944864898909465_8061827188019316643_n

O legal é que se tu tiveres um grupo grande de pessoas, podes agendar uma trilha mais longa com acompanhamento de guia. Fazem inclusive reservas no restaurante para ocasiões especiais!

Eis que chega a melhor hora do dia….a hora de apreciar o pôr-do-sol, que com certeza é um dos mais lindo que eu já vi…é de suspirar e rende belíssimas fotos da paisagem e selfies de todos os ângulos…dificilmente uma foto fica feia, aliás, qualquer pessoa fica linda com essa luz…é incrível! O seu dia com certeza finda com chave de ouro!

11659415_944865192242769_267370310580975756_n

Pronto maninh@! Seu dia foi mais do que firme, foi paid’égua! Agora é só subir no pô-pô-pô e curtir a viagem de volta, já pensando no dia que vai retornar! A Saldosa com certeza vai deixar Saudade…ah se vai!

11693888_10203759002487397_6937053389221344929_n

Esta sou eu na janela da lojinha de artesanato! Eu não perco uma foto dessas jamais! kkk

Gostou desse post? compartilha maninh@!

Saldosa Maloca Restaurante
Ilha do Combu – Margem esquerda do Rio Guamá s/n – Esquina com Igarapé Combu.
A esquina mais charmosa da ilha do Combu.
Fone: (91) 9982.3396 – 8148.8396
E-mail: contato@saldosamaloca.com.br
http://www.saldosamaloca.com.br
Facebook: Saldosa Maloca
Horários de funcionamento:
Sábados e domingos: das 10h às 18h

 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/09/2015 em A turista aprendiz

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Cerâmica do Paracuri: Uma aula de simpatia com seu Anísio.

 Olá Papa Xibés!

Neste último sábado ao voltar com os amigos de Icoaraci, resolvemos entrar no famoso bairro do Paracuri (polo de produção de cerâmica Marajoara e Tapajônica) para conhecer as olarias que trabalham com cerâmica tradicional. Confesso a vocês que fiquei impressionada com o engarrafamento de bicicletas e motos na ruela que adentramos (um ótimo teste para novos motoristas.. rsrsr). Mas o que me deixou também chocada foi o estado da rua: uma parte dela é asfaltada, mas uma parte é bem esburacada… aff! (alô, alô governantes, vamos dar atenção a este lugar, que tem tudo para ser um grande corredor turístico da cerâmica!) #ficaopuxaodeorelha.

Nosso tempo era curto, mas optamos por para numa das mais antigas olarias do lugar: Anísio Artesanato.

IMG-20150829-WA0070

A entrada é simples, mas simples mesmo é o próprio Seu Anísio (pense numa simpatia!) que fez questão de nos receber com um sorriso e um aperto de mão e toda a boa energia do lugar foi passada instantaneamente. Seu Anísio nos convidou para visitar seu atelier que fica nos fundos da loja e, ao mesmo tempo, ia contando sobre o seu pequeno negócio e elogiando as habilidades das pessoas que trabalham com ele, destacando que o seu sucesso se deve a uma equipe…ele ganhou minha admiração pois ficou claro que no seu atelier as pessoas são valorizadas e gostam do que fazem.

Seu Anísio, ceramista há mais de 37 anos.

 

E lá fomos nós observar uma cerâmica ganhando forma no torno pelo seu Luís, que já faz este tipo de trabalho há 36 anos (isso mesmo!). ele nos explicou todo o processo e nos permitiu bater umas fotos enquanto as mãos não saíam do barro.

Sr. Luís modelando a peça no torno.

Sr. Luís modelando a peça no torno.

Depois fomos para o setor de pintura e acabamentos, onde recebe a tinta e os belos grafismos feitos pelas mãos do Sr. Edmilson e confesso a vocês que fiquei pasma! Parece que o pequeno tem uma régua nas mãos! rsrs, sai tudo retinho e simétrico. E ele faz isso com ferramentas artesanais usando as mesmas técnicas usadas pelos índios Marajoaras e Tapajônicos já extintos, como engobos, apliques, incisões e excisões.

IMG-20150829-WA0054

Sr. Edmilson realizando a decoração da peça ainda no barro cru.

IMG-20150829-WA0056

Peça finalizada, pronta para a queima.

Voltando a loja, avistei um mural com vários pincéis usados na pintura da cerâmica, que também ajudava a decorar o lugar. Estão expostos na loja todo tipo e tamanho de vaso, alguns grafismos são de criação própria, mas como disse seu Anísio “sempre nos preocupamos em manter os traços tradicionais das nossas cerâmicas arqueológicas”, tanto que o mesmo reserva um espaço especial para as réplicas de peças Marajoaras e Tapajônicas, com toda a riqueza de detalhes.

Painel de pincéis usados na pintura da cerâmica.

Painel de pincéis usados na pintura da cerâmica.

IMG-20150829-WA0080

Réplica de urna marajoara (tamanho original).

Seu Anísio não possui loja na orla de Icoaraci, prefere manter sua loja próxima ao atelier, onde recebe grupos de turistas e quem o quiser visitar, inclusive podendo agendar o dia e horário (ele com certeza receberá com o maior prazer). Apesar de sua alegria contagiante, também expressou sua tristeza ao falar do acesso às olarias e o descaso das autoridades com o Paracuri e o turismo paraense (infelizmente!).

Na ocasião não levamos nada (não por falta de vontade! Já escolhi o vaso da minha sala!), mas com certeza voltarei outro dia para comprar e vou indicar o seu trabalho e essa simpatia de pessoa a todos, a começar por esse post.

Esta foi mais uma dica para vivenciar uma experiência cultural em Belém, da sua Turista aprendiz.:)

Se você gostou deste post, compartilhe e divulgue a nossa cultura!

IMG-20150829-WA0067

É claro que eu não poderia deixar de tirar uma foto ao lado dessa simpatia, Seu Anísio.

 

Mais Informações:

Anísio Artesanato – O fascínio da arte em cerâmica
Fone: (91)3227-0127
Trav. Soledade, 740, Icoaraci, Belém/Pa.
E-mail: anisioartesanato@globo.com
http://www.anisioartesanato.com.br
Facebook: Anisio Artesanato
Horários de funcionamento:
Segunda a sexta: das 8h às 12h/das 14h às 18h
Sábado e domingo: até às 12h

 
1 comentário

Publicado por em 30/08/2015 em A turista aprendiz

 

Tags: , , , , , , , , , , ,